sou profissional da saúde, porque preciso estar nas redes sociais

22.04.2019 | Por: Psicologia Empreendedora

Sou profissional da saúde? Por que eu preciso estar nas redes sociais?

Bom, eu começo dizendo que você não precisa. Mas deveria.

O motivo para isso é simples, a gente deve estar onde o povo está. E o povo definitivamente está nas redes sociais, e se ocupa mais de 3 horas por dia nelas no Brasil.

Agora, você não deve estar lá de qualquer jeito. Existem maneiras de existir e se relacionar nesse espaço e você precisa decidir qual jeito tem mais a ver com você e sua personalidade.

  • Você pode ser uma personalidade famosa, e se divulgar como uma pessoa que merece ser seguida por ser importante. Ex: Sou filha do pastor da minha igreja, já tenho uma GALERA que me conhece por só SER quem eu sou, logo, eu posso usar isso à meu favor e fazer um insta divulgando meu estilo de vida, que é desejado por uma questão de STATUS social;
  • Você pode ser um cientista, um especialista que compartilha com o mundo o conhecimento adquirido e produzido no trabalho que você desempenha: Ex: Sou psicóloga infantil, fiquei 3 anos trabalhando com isso na clínica, fiz estágios em escolas variadas, já tenho até mestrado na área, e percebi que compartilhar meu conhecimento com as pessoas que se interessam pelas crianças, é algo útil para todos, inclusive para mim, já que me torno conhecida pela minha capacidade e conhecimento com esse público.;
  • Quero fazer uma coisa mista, quero compartilhar um gosto por algo na vida profissional, mas acho que minha vida pessoal também gera muitas reflexões e seria impossível dissociar; Ex: Sou psicóloga com foco em maternidade e puerpério , e também sou mãe. Não consigo não fazer vínculos entre minha vida e o que estudo e trabalho. Logo no meu caso, falar de maternidade é falar da minha vida ao mesmo tempo.

Bom listei apenas algumas formas de se existir nas redes sociais quando se é um profissional autônomo. Se você é dono de uma clínica de psicologia seria um pouco diferente, mas ainda assim, você precisaria escolher se faria a linha mais institucional e distante, ou mais pessoal e da galera.

Não tem como eu te dizer o melhor caminho para você trilhar, mas uma coisa é fato. Você precisa de algum caminho.

E aí eu te pergunto o que tem em comum entre todas essas formas de se comunicar?

A resposta é:  TUDO É RELAÇÃO. SEMPRE TEM VOCÊ E ALGUÉM.

Você precisa entender que é sua responsabilidade fazer com que essa relação seja interessante. Que gere valor, e faça o outro sentir que vale à pena investir em você e no seu trabalho.

Gerar interessância tem à ver com essência, com identificação genuína. Principalmente se você é alguém que existe enquanto autônomo ou profissional liberal. E entender quem é você e seus valores é a primeira parte, mas saber traduzir isso em linguagem também é parte do processo.

Eu tenho um método criativo e posso compartilhar com você, se você quiser.

Saber escrever, criar artes, fazer vídeos, criar eventos, tudo isso exige criatividade.

Se você quiser entender como ter, manter e se reinventar com criatividade nas redes sociais ou no mundo real, é simples, basta me falar  no whatsapp 062999180560 ou no email contato@psicologiaempreendedora.com.br.

 

Psicologia Empreendedora

Tags