psicologia empreendedora

18.07.2019 | Por: Psicologia Empreendedora

Como saber se eu vou ter sucesso sendo empreendedor na psicologia?

Confesso que não tenho a menor ideia de sua resposta pessoal sobre essa pergunta do título.

Afinal, por mais que você tenha todos os conhecimentos, domine todas as técnicas, existe algo que se chama MOMENTO.

Muitas vezes nós queremos coisas que outras pessoas tem, e não paramos para pensar no momento que estamos vivendo, em relação à esse suposto desejo.

Vou falar sobre os ciclos ou momentos que nossas iniciativas profissionais podem estar, e ao saber disso, poderemos compreender melhor que ações efetivamente podemos fazer para causar impacto social, gerar sensação de gratidão e de reciprocidade nas pessoas e assim, fazer o seu nome enquanto profissional ser cada vez mais reconhecido. Ou simplesmente, fazer você ganhar mais dinheiro mesmo.

Existe uma etapa que vem antes sequer de você ser capaz de mapear o seu momento profissional, que é a Gestação. Essa etapa você ainda está ou estava na graduação, ou até antes de escolher a graduação de psicologia. Nessa fase você é só emoção e sonho, um desejo enorme de desvendar todos os segredos da mente humana e da saúde mental. Nessa fase você nem cogita que um dia vai ter que trabalhar com isso, você só está sendo muito feliz estudando um monte de coisas legais…

O primeiro momento oficial é o Nascimento do negócio. Isso ocorre quando o psicólogo é recém formado, ou quando ele ficou muito tempo longe da psicologia e volta, e nesse momento ele sente que não tem nada: nem experiência, nem diferenciação, nem dinheiro, nem vivência, nada mesmo. Você só olha para o passado, o presente e sente que vai surtar.

O segundo momento, é quando você já nasceu. Já entendeu que sim, tem caminhos para entrar no mercado, que sim é viável, que sim as pessoas podem confiar em você e nas suas intenções de futuro, não apenas no seu passado. Então você tem um novo momento, o momento de Crescimento do negócio. O desafio agora é que o máximo de pessoas possíveis, confiem nessa nova realidade que você já colocou no mundo. Ex: agora as pessoas já entendem que buscar o autoconhecimento é necessidade básica para trabalhar melhor, namorar melhor, tomar melhores decisões. Agora eu preciso que elas entendam o caminho para me achar, para que eu ensine o Autogerenciamento, que é quando eu OPERO com o autoconhecimento e resolvo coisas.

O terceiro momento, é para quem já nasceu, já cresceu, já amadureceu, já está seguro, mas já está cansado de fazer a mesma coisa; ou que ama o que faz, mas cansou daquela cidade, ou sente que a estratégia X já não entrega tanto o mesmo resultado. Se você sente essa inquietação, com o “sucesso” então, é hora de realizar a “destruição criativa” que é típica do momento da Adaptação do Negócio. Quem está nessa fase muitas vezes está com grana no bolso, mas parece que não está satisfeito com os processos e rotinas, e claro que mudar é preciso. Ex: Já tenho uma clínica rodando, e sinto que é hora de expandir para o online, e aprender novas tecnologias. Ou já tenho um fluxo legal na clínica individual, e agora quero também oferecer treinamentos e palestras, para compartilhar minha vivência.

O quarto momento, não é necessário a todos os psicólogos, pois ele é uma variação do momento 3, só que visa sempre a Ampliação ou Expansão do negócio. Serve para quem já tem uma clínica bem sucedida e quem agora abrir a unidade 2 em outra cidade ou bairro. Ou para quem só oferecia serviços ao vivo, e agora vai criar treinamentos online para escalar.Processo bem parecido com os processos de abrir rede de franquias e afins.

O quinto momento pode ser entendido com o Fim do Negócio, pode ocorrer em várias situações: quando a pessoa vai se aposentar, quando vai vender sua participação, quando a empresa pede falência, ou até quando a pessoa por trás do negócio morrer. Nessa etapa estamos preocupados com fechamentos de ciclos e redistribuições de valores, sejam financeiros ou não.

LEGAL, PATY, E PORQUE SABER ISSO VAI ME AJUDAR?

A consciência do MOMENTO DO NEGÓCIO,  é o primeiro passo para saber o que fazer, e qual ajuda buscar!

Vou fazer uma série de textos explicando cada um dos momentos! Fica de olho!

 

Psicologia Empreendedora

Tags